Posts

Curso: Planejamento Ecológico de Sistemas Integrados de Água para Construções + TOP100 no ArchDaily Brasil

A elaboração de estratégias para o redesenho da relação do Homem com nossas Águas é a base do nosso trabalho, e nos move além do lugar comum de simples projetistas. Somos sim técnicos, mas também ativistas, e pessoas sensíveis às causas dos Homens e das Águas. Acreditamos que a Água é muito mais do que um recurso, e deve ser tratada com toda reverência. Daí, nos entregamos em cada projeto para que sejam funcionais, sensíveis, por que não elegantes, e fundamentalmente educadores, oferecendo amostras reais, concretas, de uma nova e necessária realidade, e de integração entre os diversos projetistas envolvidos em projetos dessa natureza. Acreditamos que cada um de nossos projetos tem um importante papel a cumprir junto aos seus stakeholders, o de sensibilizar e educar para uma nova relação, absolutamente positiva e regeneradora com este precioso e gracioso líquido. Por isso tanto nos encoraja e alegra a listagem de 3 de nossos projetos entre os TOP100 obras da arquitetura brasileira dos últimos anos, segundo o site ArchDaily Brasil:

Harmonia 57 (2007/2008, por Triptyque Arquitetos): http://www.archdaily.com.br/br/01-16694/harmonia-57-triptyque

Casa LLM (2011, por Obra Arquitetos): http://www.archdaily.com.br/br/771285/casa-llm-obra-arquitetos

Estádio Nacional de Brasília (2012/2013, por Castro Mello Arquitetura Esportiva): http://www.archdaily.com.br/br/623873/estadio-nacional-de-brasilia-mane-garrincha-castro-mello-arquitetos

Apesar de serem projetos realizados em contextos e escalas absolutamente diferentes entre si, todos foram elaborados em estreita associação com os arquitetos, e em diversas medidas, com os clientes finais, o que ofereceu um grau de afinidade e de potencial trabalho conjunto que permitiu que pudéssemos ir além de soluções técnicas pontuais, buscando a integração entre o Homem, a Arquitetura, e as Águas. Movidos por esse desejo de levar o conceito, usualmente referido como “Manejo Integrado de Água”, em que a Água é abordada sob uma visão sistêmica com intervenções que tenham impacto positivo sobre o ambiente construído, ou seja, que colaborem na restauração dos ecossistemas, quer urbano ou rural, é que decidimos oferecer um primeiro curso de “Planejamento de sistemas ecológicos de água em construções”, ofertados a técnicos ou leigos, para que se difunda essa abordagem.

O local do curso, e também fruto de um maravilhoso trabalho desenvolvido entre 2013 e 2016, é o recém-inaugurado Bananal Ecolodge, uma pérola encravada no sertão do Ubatumirim, bairro rural de Ubatuba, litoral norte de SP. O projeto contou com a dedicação incansável e espírito visionário dos proprietários, do trabalho precioso do escritório OS3 Arquitetura, da arte das construções em bambu com Robert “Zunn” Harris, do paisagismo do Viveiro Caeté de Ubatuba, e da alegre criatividade do Cristiano “Gá” Akiyama, dedicado à execução dos sistemas de água: das instalações hidráulicas em PEAD ao aproveitamento de água de chuva, da construção do biodigestor aos tanques de tratamento com plantas aquáticas em superadobe (terra ensacada) e estrutura flutuante.

Para saber mais sobre o projeto executado no Bananal Ecolodge, acesse a pasta do projeto na nossa página do Facebook: https://www.facebook.com/fluxus.eco.br/photos/?tab=album&album_id=1171304949552103

O curso também foi desenhado para fortalecer os diversos grupos que já atuam com a temática do Saneamento Ecológico, e da criação de sistemas descentralizados de abastecimento e tratamento de águas servidas nesta região. Uma realidade fundamentalmente necessária para que atinjamos de fato a universalização do saneamento em todas as cidades do litoral norte, cuja formação impede a adoção de sistemas centralizados.

Espero ver muitos de vocês por lá!

Em gratidão,

Guilherme Castagna

————————————————————————————————————

Planejamento ecológico de sistemas de água para construções – um impulso à restauração das águas no litoral norte paulista e sul fluminense
Com Guilherme
Castagna


Data: 25 e 26 de junho
Local: Bananal Ecolodge – Sertão do Ubatumirim – Ubatuba/SP

Os princípios de planejamento ecológico oferecem diretrizes para o redesenho das ocupações humanas de forma que água, alimento e abrigo estejam livremente disponíveis para toda humanidade. Toda e qualquer construção, independente da escala, pode e deve atuar de forma positivo sobre o ambiente construído, urbano ou rural. Neste curso exploraremos as estratégias e técnicas de manejo de água aplicados no Bananal Ecolodge, de forma que as demandas ecológicas do terreno, bem como do empreendimento fossem plenamente atendidos em abundância, com minima manutenção, e com a recriação de ciclos benéficos locais. Como? Veremos na prática como se dá o planejamento, operação e manutenção dos sistemas implantados no Bananal:
• Sistema de aproveitamento de água da chuva.
• Retenção, infiltração e paisagismo com jardins de chuva.
• Sistemas de filtragem e purificação da água.
• Sistemas biológicos de tratamento de esgoto com plantas aquáticas e produção de biogás.
• Telhados Verdes.

Guilherme Castagna
Sócio-fundador da Fluxus Design Ecológico, desde 2006 integra sua formação como engenheiro civil aos princípios de design ecológico na elaboração de projetos de sistemas inovadores de manejo integrado de água. Viveu em Ubatuba de 2006 a 2009, quando trabalhou com comunidades caiçaras, e integrou a CT-SAN do CBH-LN (Câmara Técnica de Saneamento do Comitê de Bacias Hidrográficas do Litoral Norte). É ativista, facilitador de cursos de permacultura e de manejo integrado de água, co-fundador do Movimento Cisterna Já, membro da Aliança pela Água SP, e colaborador de diversas ONGs. Projetou e acompanhou a implantação dos sistemas de água do Bananal Ecolodge. Premiado no Brasil e no exterior, teve 3 de seus projetos recentemente elencados na lista TOP100 da arquitetura brasileira, conforme o portal ArchDaily Brasil.

Valor por aluno de outras cidades: R$ 560,00
Inclui: Curso, duas diárias com café da manhã da manhã (suítes para 3 pessoas) e quatro refeições no Bananal Ecolodge. Chegada dia 24 a partir das 17:00.

Valor por aluno morador de Ubatuba (sem hospedagem): R$ 110,00
Inclui: o curso de dois dias e dois almoços.

Para moradores do Sertão do Ubatumirim e comunidades Tradicionais o curso é gratuito com colaboração espontânea ou trocas!

Para alunos sem hospedagem as aulas serão:
Sábado e Domingo das 9:30 às 17:00

Vagas Limitadas!
Inscrições até 19 de junho
Mais informações e reservas:
pelo site www.ecobananal.com.br – reservas
ou e-mail reservas@ecobananal.com.br ou (12) 99600-2145 / (11) 98210-0156, ou pela página do evento no Facebook: https://www.facebook.com/events/1086352574758460/

Compartilhe:

Resultados do WORKSHOP de Aproveitamento de Água de chuva na Casinha

Queridos amigos e parceiros.

Para manter os amantes da água atualizados, assim como todos os outros interessados pela engenharia da água e permacultura, e suas novas formas de relação no dia-a-dia, seguem as imagens dos resultados do WORKSHOP de aproveitamento de água de chuva simplificado realizados no escritório compartilhado entre Fluxus, Livraria Tapioca.Net, EcoSapiens e Estúdio Varanda, durante os dias 22 e 26 de Abril de 2014, na Zona Oeste de São Paulo, SP. Idealizado para pessoas com ou sem experiência, independente de suas formações, teve como objetivo implantar um sistema simplificado de aproveitamento em pequena escala, mas que apresentasse todos os elementos de projeto, independente da escala do projeto a ser desenvolvido: filtro de folhas, descarte de primeira água, freio d’agua, ladrão, etc.

Abaixo algumas fotos do desenvolvimento do WORKSHOP.

O sistema agora vai se integrar ao futuro telhado verde, que será objetivo de uma pesquisa para desenvolvimento de um trabalho de conclusão de curso (TCC), que irá avaliar a capacidade de retenção de água em telhados verdes de diferentes perfis de substrato, bem como a qualidade da água captada em cada módulo do telhado.

Agradeço à todos que estiveram presentes e puderam participar, assim como aqueles que de alguma forma auxiliaram no processo de construção e desenvolvimento do evento, que foi um Sucesso!

Fiquem atentos a notícias e agendas de eventos, divulgadas através do blog e facebook.

Interessou? Cadastre-se no blog e receba as informações postadas aqui.

Atenciosamente,

Leonardo Tannous e Equipe Fluxus

Compartilhe:

Artigo sobre Manejo Integrado no Estádio de Brasília

Artigo sobre Manejo Integrado no Estádio de Brasília

O Portal AECWeb – O Portal de Arquitetura, Engenharia e Construção publicou como estudo de caso o projeto da Fluxus de manejo integrado de águas pluviais no Estádio de Brasília.

Vale ler o artigo e saber mais sobre o desenvolvimento desse projeto!

Compartilhe:

FLUXUS Abre vaga – Desenhista SketchUP

Car@s amig@s,
Fluxus Design Ecológico está divulgando vaga para possíveis interessados para integrar nossa equipe pontualmente para um projeto, podendo estender a uma relação de parceria para futuros trabalhos.
Nossa área de atuação: Projetos de engenharia voltados ao manejo integrado de água, segundo a visão da permacultura.

Abaixo seguem as informações sobre a vaga:

Buscamos um profissional com formação técnica, prática e/ou acadêmica para nos apoiar na elaboração de projeto na plataforma Sketchup, e que atenda os pré-requisitos abaixo: 

. SketchUP – Avançado;
. Hidráulica predial (teoria e/ou prática) – nível básico/intermediário;
. Informática: AutoCAD – nível básico/intermediário;
. Pratica diária de princípios mínimos de sustentabilidade;
. Perfil: pró-ativo, organizado, disposto a aprender, ensinar e a colaborar na melhoria contínua dos nossos processos, habilidade para lidar simultaneamente com diversos desenhos/projetos, e comunicativo(a), disposto(a) a desenvolver projetos que desafiam a lógica convencional de processos e materiais voltados a sustentabilidade – em ambientes urbanos e rurais – com foco em
soluções voltadas ao manejo integrado de Água, segundo a visão da Permacultura.

Desejável: 

. Conhecimentos de permacultura;
. Noções de hidrologia;
. More na região da Vila Madalena/Sumaré/Pompéia/Pinheiros/Lapa/Barra Funda ou imediações.

Disponibilidade: 

. Inicialmente de 3 a 5 vezes por semana, meio período (manhã preferencialmente), de acordo com o perfil e disponibilidade.

Contrato temporário para projeto específico, com término previsto para outubro, com possibilidade de incorporação do(a) contratado(a) como parceiro para futuros projetos da FLUXUS. 

Atividades: 

. Elaboração de pré-estudos e projetos técnicos no Sketchup e AutoCAD, com suporte técnico da equipe Fluxus;
. Possíveis visitas técnicas de acompanhamento de projetos;
. Estudos técnicos visando desenvolvimento de novas plataformas de ação em gestão integrada de água segundo a visão da Permacultura.

Local de trabalho: 

Escritório nas imediações da Rua Heitor Penteado (São Paulo), a poucas quadras do Metrô Vila Madalena, em escritório compartilhado, também sede da Livraria Tapioca.Net, com acesso a todo o acervo da livraria para estudos pessoais.

Os interessados devem enviar CV com referências para o endereço: fluxus@designecologico.net com o assunto “VAGA” até 30/Junho. Início previsto em JULHO.

Para conhecer um pouco mais de nossos trabalhos acesse as páginas a seguir:
http://www.fluxus.eco.br [2]
https://www.facebook.com/#!/pages/Fluxus-Design-Ecol%C3%B3gico/348851478464125?fref=ts [3]
http://www.archdaily.com/6700/harmonia-57-triptyque/ [4]
http://www.leonardofinotti.com/projects/pv-house [5]
http://pagina22.com.br/index.php/2012/10/mane-garrincha-na-frente-do-gol/ [6]
http://sustentabilidade.santander.com.br/biblioteca/Lists/Biblioteca/DispForm.aspx?ID=127 [7]

Atenciosamente


 

Compartilhe:

Projeto de Manejo Integrado de Água Pluvial para o Estádio Nacional de Brasília

Celebrando o Dia da Água, compartilhamos um trabalho realizado ao longo de 2012, que exemplifica de maneira única o potencial de transformação de uma edificação desse porte no ciclo hidrológico local.Inspirados pela possibilidade de ampliar o escopo idealizado inicialmente para o projeto, de atender os créditos LEED SS6.1 (redução de escoamento superficial) e SS6.2 (melhoria da qualidade do escoamento superficial) para o entorno do estádio, Fluxus ofereceu uma consultoria que envolveu o desenvolvimento dos projetos técnicos, e a integração do sistema de drenagem externo (também chamado de medidas compensatórias em microdrenagem, ou sistemas urbanos de drenagem sustentável) aos sistemas internos de aproveitamento de água de chuva, coletados a partir da cobertura e da drenagem do campo. Com isso, 100% do consumo não-potável do estádio passará a ser atendido pela água de chuva, um volume de 16 milhões de litros/ano.À parte da redução do consumo interno, o entorno produzirá melhoria significativa de microclima, com a evaporação de água pelas árvores plantadas nas biovaletas, arbustos e plantas de baixo porte nos “planters” e jardins de chuva, além dos volumes evapotranspirados nos “wetlands” e no lago, posicionado de forma a receber água por gravidade para posterior bombeamento para os sistemas internos, e irradiar umidade para o estádio, levado pelos ventos predominantes da região.
FICHA TÉCNICA

Arquitetura: Castro Mello Arquitetura Esportiva

Consultorias:
Certificação LEED: EcoArenas LLC
Comissionamento LEED: M-E Engineers
Paisagismo: Benedito Abbud Arquitetura Paisagística
Stormwater (Manejo Integrado de Água Pluvial): Fluxus Design Ecológico
Instalações: MHA

Local: Estádio Nacional de Brasília, Distrito Federal/DF, Brasil
Área do terreno: 845796,00 m²
Elaboração do projeto: 2011-2012
Início das Obras: 26/07/2010

Desenho Original 3d por Castro Mello Arquitetura Esportiva, adaptado por Mais Argumento para a publicação “Boas Práticas em Manejo de Águas Pluviais”, parte do programa Soluções para Cidades da ABCP.

Página da Mais Argumento http://www.maisargumento.com.br/

Mais informações acesso Facebook da Fluxus Design Ecológico

Compartilhe: