Fluxus em Tamera

Boas novas!
Muitos de vocês já devem ter ouvido falar de Tamera, uma comunidade intencional estabelecida no sul de Portugal na região do Alentejo.

Tamera é conhecida e reconhecida internacionalmente por uma série de aspectos de seu trabalho, que vai muito além de seus limites físicos, quer pelas ações voltadas à criação de um movimento de Paz Global (inclusive junto aos amigos da Favela da Paz, em São Paulo), pelas inúmeras iniciativas relacionadas ao uso e produção de energias renováveis em formatos absolutamente inovadores, pelos cursos de comunicação intuitiva com animais, pela pesquisa de campo de equipamentos de bombeamento de água baseados nos ensinamentos do Mago das Águas Viktor Schauberger, ou mesmo pela Escola do Amor Livre de Tamera, que é em si um capítulo à parte.

Além disso, muitos dos alunos de nossos cursos ouviram falar de Tamera pelo seu célebre trabalho de construção de Paisagens de Retenção Aquática, apresentados inicialmente por Guilherme Castagna no PDC (Curso de Design em Permacultura) do PermaSampa em novembro de 2015, logo após seu retorno de um curso intensivo no tema.

Nesta ocasião Guilherme estabeleceu uma relação próxima com a equipe de Ecologia, que acabou sendo solidificada quando de nova visita à Portugal em 2020, na ocasião da implantação de um projeto de manejo integrado e regenerativo de água oferecido à comunidade de Retumbana Velha, vizinha de muro de Tamera. Nesta oportunidade nosso trabalho começou a se fazer mais conhecido não só de Tamera, mas das inúmeras comunidades que a circundam, em vista dos benefícios alcançados pelo sistema que conta com:

  * Captação e aproveitamento de água de chuva para todos os fins, com redução da dependência de água de poços profundos;

  * Tratamento de água de chuva com uso de filtro lento de areia, oferecendo água em excelente qualidade para consumo;

  * Manejo de água de chuva integrado ao plano de retenção aquática, levada adiante pela equipe de Ecologia de Tamera;

  * Uso da água de chuva para irrigação inicial das áreas de cultivo em Agrofloresta, levada adiante pela equipe de Reflorestar Portugal;

  * Tratamento e reuso de água cinza com wetlands de fluxo vertical e horizontal e mini-lagos de polimento;

  * Irrigação passiva de frutíferas com água cinza;

  * E outros.

     As boas novas começaram em Julho, com a incorporação definitiva de uma visita de campo ao sistema implantado em Retumbana Velha aos cursos de Paisagens de Retenção Aquática de Tamera.

Foto: Samuel Protetti

E seguem agora com a novidade da participação de Guilherme como facilitador convidado no próximo curso, que irá acontecer de 16 a 19/Set, em Tamera!

Saiba mais no link (em inglês): https://www.tamera.org/events/introduction-to-water-retention-landscapes-september-2022/

Mais novidades do nosso crescente trabalho em Portugal em breve!

Vamos juntos!

Compartilhe:

0 respostas

Deixe uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta